Prefeitura de Guararema. Trabalho e respeito. Por voc�.

Portal da Transparência SIC
Encontre em nosso site
  • Redes Sociais
  • Facebook
  • You Tube
  • Instagram

Saúde

23 de Novembro de 2017 às 11:06 Guararema é inclusa na área de recomendação vacinal contra febre amarela

Nesta semana, o Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo determinou que Guararema fosse incluída na área de recomendação vacinal contra a Febre Amarela (urbana).

Causada por um vírus transmitido pela picada de mosquito, inclusive o Aedes aegypti, a Febre Amarela é uma doença infecciosa. Responsável pela transmissão de outras três doenças já amplamente divulgadas: Dengue, Zika e Chikungunya, o Aedes é o grande vilão. Sendo assim, são necessárias estratégias de prevenção como combate permanente aos criadores dos mosquitos (água parada) e vacinação para áreas endêmicas, no caso da Febre Amarela.

Em Guararema, a vacinação casa a casa inicia na quinta-feira (23 de novembro), com os moradores das áreas prioritárias, sendo o Itapeti, Salto, Feital, Lambari, Convento, Luís Carlos a receberem a vacina, por tratarem-se de lugares próximos da Mata Atlântica e onde há corredores ecológicos.

Bairros da região Norte: Convento, Salto, Itapeti, Goiabal, Maracatu, Feital, Cerejeira, Lambari, Fukushina, Industrial I e II, Jd. Luiza, Nova Guanabara, Colônia, Jd. Dulce e Parateí

Bairros da região central: Freguesia, Nova Guararema, Itaoca, Itapema, Instituto do Álcool, Pq. Central, Ipiranga, Centro, Campagnoli, Bellard, Caiçara, Merendá, Nogueira, d´Ajuda, Sítio dos Quinze, Paião, Putim, Cachoeira do Zecão, Capoeirinha e Luís Carlos.

Os demais bairros, localizados na Região Sul do município serão inclusos na segunda etapa da vacinação e conforme o recebimento de doses e orientações do órgão competente.

A população deve comparecer às Unidades munidas de carteira de vacinação, e caso haja necessidade será solicitado comprovação de endereço.

Complementar a vacinação, na sexta-feira (24 de novembro), a partir das 18h30, com saída do Parque de Lazer “Deoclésia de Almeida Mello”, acontecerá a Passeata #MosquitoNão como forma de alertar a população para todas as doenças provocadas por apenas um mosquito.

É importante lembrar que caso encontre um macaco morto ou doente, ligue imediatamente para a Vigilância em Saúde nos telefones 4693-8040 ou 4693-8048. Em situação de óbito do animal, ele será encaminhado para o serviço especializado para análise e confirmação laboratorial. Sendo assim, as ações de combate devem estar concentradas nos mosquitos e não nos macacos.


© 2016 Prefeitura de Guararema - Todos os direitos reservados