Prefeitura de Guararema. Trabalho e respeito. Por voc�.

Portal da Transparência SIC
Encontre em nosso site
  • Redes Sociais
  • Facebook
  • You Tube
  • Instagram
Voltar para o portal
Galeria de Fotos
  • Veja Todas as Fotos
  • Redes Sociais
  • Facebook
  • You Tube
  • Instagram

Notícias

16 de Novembro de 2017 às 10:26 Unidades de Saúde realizam Campanha visando à detecção de casos de Tuberculose

Iniciada em 6 de novembro, a Campanha de Intensificação de Busca Ativa de Casos de Tuberculose segue até o dia 20 de novembro. Realizada pelo Setor de Vigilância Epidemiológica, em parceria com as Unidades Básicas de Saúde de Guararema, a Secretaria de Saúde informa a população sobre os sinais e sintomas, além do tratamento da doença.

Para isso, são distribuídos materiais educativos, como panfletos do Ministério da Saúde. Durante o período da campanha, os profissionais dão orientações ao longo das suas atividades rotineiras. Desta forma, é possível conscientizar sobre os sintomas da doença, a fim de investigar se os clientes possuem algum dos sinais e sintomas da doença ou se familiares ou conhecidos dos mesmos apresentam esses sintomas, para que sejam aconselhados a procurar a UBS para receber todo o atendimento necessário.

Causada por uma bactéria que ataca principalmente os pulmões, a tuberculose também pode ocorrer em outras partes do corpo, como ossos, rins e meninges (as membranas que envolvem o cérebro). Alguns sintomas da doença são: tosse por mais de três semanas, acompanhada ou não de febre no fim do dia, suor noturno, falta de apetite, perda de peso, cansaço ou dor no peito.

Transmitida por via aérea, ou seja, a partir da inalação de aerossóis, ao falar, espirrar e, principalmente, ao tossir, as pessoas com tuberculose ativa lançam no ar partículas em forma de aerossóis que contêm bacilos, sendo denominadas de bacilíferas.

As formas bacilíferas são, em geral, a tuberculose pulmonar e a laríngea. Calcula-se que, durante um ano, numa comunidade, um indivíduo que tenha baciloscopia positiva pode infectar de 10 a 15 pessoas (média). Bacilos que se depositam em roupas, lençóis, copos e outros objetos dificilmente se dispersam em aerossóis e, por isso, não desempenham papel importante na transmissão da doença.

Embora, o risco de adoecimento seja maior nos primeiros dois anos após a primeira infecção, uma vez infectada a pessoa pode adoecer em qualquer momento de sua vida. O tratamento é feito por meio de antibióticos e tem duração de aproximadamente seis meses e as medicações são distribuídas gratuitamente pelo Sistema de Saúde.
Para prevenir, evite ambientes fechados e mal ventilados, pois favorecem a transmissão da doença.



Serviços

Leis Municipais e Publica��es

Acesso ao Webmail

Portal da Transparência

SIC

IPTU

Giss On Line

quitação Online

NFS

iCad

ICMS DIPAM

Downloads Certificados

ZOONOSES


© 2016 Prefeitura de Guararema - Todos os direitos reservados