Prefeitura de Guararema. Trabalho e respeito. Por voc�.

Portal da Transparência SIC
Encontre em nosso site
  • Redes Sociais
  • Facebook
  • You Tube
  • Instagram
Voltar para o portal
Galeria de Fotos
  • Veja Todas as Fotos
  • Redes Sociais
  • Facebook
  • You Tube
  • Instagram

Notícias

29 de Mar�o de 2019 às 18:37 III Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa reúne mais de 150 pessoas

Nos dias 26 e 27 de março, o Conselho Municipal do Idoso, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Cidadania, realizou a III Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa do município de Guararema. O tema deste ano foi "Os desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas". Os encontros aconteceram na Estação Literária “Profª Maria de Lourdes Évora Camargo” e reuniram mais de 150 pessoas nos dois dias.

Na cerimônia de abertura, o Coral Canto por Guararema fez uma bela apresentação com músicas que marcam história, como Sapato Velho e Andança, clássicos da música brasileira. A mesa diretiva, composta pelo Prefeito Adriano Leite, Sr. Luiz Antônio Monteiro, Presidente do Conselho Municipal do Idoso, Miriany Valentim, representante a empresa Ecopistas do Grupo Ecorodovias, iniciativa privada que apoia o Projeto Novos Idosos, o Secretário de Assistência Social, Habitação e Cidadania Sidnei dos Santos Leal e o Vereador Silvano dos Santos, deu início ao evento.

“Ficamos extremamente satisfeitos e felizes em presenciar os nossos idosos atuantes. A Secretaria de Assistência Social oferece todo apoio e respaldo e percebemos a assiduidade do grupo e isso é muito importante para que a equipe possa dar continuidade ao trabalho com qualidade”, ressaltou o Prefeito Adriano Leite.

No primeiro dia de conferência a Médica Geriatra, Drª Daniella de Rezende Duarte Maksymczuk e a psicóloga Drª Vera Socci, integrantes da equipe multidisciplinar que atendem os idosos, explanaram sobre as atividades ofertadas, perfil e a evolução do trabalho proposto pelo Centro de Convivência do Idoso.

Em seguida, a Doutora em Serviço Social Áurea Soares Barroso ressaltou sobre a importância do processo de envelhecimento, referência a taxa de fecundidade, qualidade de vida, pontuando algumas doenças crônicas, apresentando os enfrentamentos para a terceira idade, como: mudança de hábitos, estilo de vida, acesso aos serviços de convivência, exames periódicos de saúde, entre outros. A Doutoura também tratou sobre a importância da Política Pública, das Conferências, seu papel e objetivos como estratégia de intervenção nas relações humanas como alcance de melhorias na vida do idoso, haja vista, viverem um momento único, onde reivindicam por melhores espaços e condições de vida.
Já no segundo dia, foi a vez do encontro elaborar propostas que serão encaminhadas ao Poder Legislativo e Executivo. Dentre as proposta mais votadas destacam-se:

Criar um programa de educação específico voltado para o idoso, desde o ensino fundamental ao médio, incluindo cursos complementares e profissionalizantes;
Promover e distribuir em espaços públicos calendários informando as datas e os horários das reuniões dos Conselhos Municipais existentes atualmente;
Promover condições de um representante do CMI acompanhar as reuniões do Conselho Estadual, mesmo como ouvinte.

Neste ano, dois municípios da região do Alto Tietê não foram contemplados para a participação na Conferência Estadual por determinação do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa. No entanto, isso não desmotivou a plenária em realizar as discussões e votar as propostas de acordo com as competências da esfera de governo, levando-os a recolher assinaturas de todos os presentes para manifestação de moção de repúdio a ação do Governo Estadual, por não incluir os municípios de pequeno porte. Também foram encaminhadas outras duas moções, sendo uma de apoio ao Prefeito Adriano Leite pela contratação de um especialista em Geriatria que hoje é o diferencial no trabalho preventivo com os idosos e outra repudiando a ação do Governo Federal na diminuição do valor pago ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) aos idosos a partir de 65 anos.

Mais oficinas, mais saúde
No próximo mês o Centro do Idoso tem mais uma conquista: a oficina de Capoterapia atividade que utiliza o movimento adaptado da capoeira com a roda de samba e a participação dos idosos nos Jogos Regionais (JORI). Além disso, a Secretaria de Assistência Social, Habitação e Cidadania oferece atividades que ocorrem semanalmente com um cronograma que contempla oficinas de Dança de Salão, Homeostase Quântica, Artes Orientais, Artes Plásticas, Inclusão Digital, Jogos Cognitivos e Saúde Qualidade de Vida. Os serviços contam com acompanhamento de profissionais qualificados e empenhados em cuidar da saúde dos idosos guararemenses.

Atualmente, o Centro Municipal do Idoso “Dácio de Souza Franco” atende 107 pessoas com idades entre 60 a 83 anos cadastradas e são realizados aproximadamente 700 atendimentos mensais. As atividades acontecem de segunda a sexta e para integrar ao grupo é preciso se cadastrar no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), na Rua Dr. Armindo, 300 - Nogueira.

Informações pelos telefones 4693-5461 ou 4693-1271.



Serviços

Leis Municipais e Publica��es

Acesso ao Webmail

Portal da Transparência

SIC

IPTU

Giss On Line

quitação Online

NFS

iCad

ICMS DIPAM

Downloads Certificados

ZOONOSES


© 2016 Prefeitura de Guararema - Todos os direitos reservados